Hoje usamos nossos smartphones para praticamente tudo, seja para trabalhar, conversar com nossos amigos, acessar as redes sociais, ler notícias, fazer chamadas ou reuniões.

Todo ano são lançados novos modelos, aplicativos e funções para nossos celulares.

Com isso aumentamos ainda mais nosso uso do aparelho, porém, com isso, surge um problema que incomoda muitas pessoas: A pouca durabilidade da bateria.

Para piorar o problema tende a aumentar no decorrer do tempo. Caso você utilize o aparelho sempre conectado ao carregador se agrava ainda mais.

Sei que isso é um problema que incomoda vocês, é por isso que vamos trazer algumas dicas úteis para aumentar a durabilidade da bateria no dia-a-dia e até mesmo como prolongar a vida útil dela.

Por que hoje a bateria dura muito menos?

Como falamos, temos inúmeras funções e aplicativos que antigamente não existiam nos celulares.

É por isso que não temos mais aqueles aparelhos que duravam praticamente uma semana carregados (seria um sonho se existisse isso hoje).

Todos nossos aplicativos que instalamos ficam em uso enquanto nosso aparelho está ligado e tudo isso consome a carga do nosso aparelho.

Além disso, com tanta coisa usamos muito mais, né? Na verdade existem campanhas para diminuição do uso e em casos graves terapias para controle desse problema.

Carregar quando a bateria estiver totalmente descarregada?

Muitos usuários ainda acreditam que as baterias devem estar completamente descarregadas antes do carregamento, para evitar o efeito de memória, que pouco a pouco estava consumindo espaço na bateria.

Isso acontecia com as baterias antigas de níquel-cádmio (NiCd), as baterias de íon-lítio (Li-Ion) atuais não têm mais esse problema. De fato, o ideal é carregarmos as baterias quando elas tiverem, no máximo, 20% de sua capacidade.

Como melhorar a vida útil da bateria?

Evite manter o telefone conectado. Como dissemos, as baterias de lítio modernas não têm o “efeito memória”, mas também não é aconselhável mantê-las conectadas à energia uma vez que estejam totalmente carregadas.

Normalmente, nada acontece, mas quanto mais os nossos telefones estiverem conectados, maior a probabilidade de causar curto-circuitos que incharão as baterias.

Além disso, um aparelho que está constantemente conectado ao carregador pode ocasionar o que chamamos de “bateria viciada” onde pode chegar a um nível em que o aparelho não conseguirá manter a carga e só funcionará enquanto estiver conectado ao carregador.

Use o carregador certo

Quase todos nós usamos o primeiro carregador que encontramos, sem nos preocuparmos muito. Isso é prejudicial para a bateria, pois cada smartphone é projetado para funcionar com uma certa quantidade de carga, que é fornecida com seu próprio carregador.

Se olharmos para o poder, veremos que nem todos os carregadores têm o mesmo. Além disso, isso afeta o tempo de carregamento.

Pode ter acontecido com você de ao usar determinado carregador aparecer a seguinte mensagem: “carga lenta”.

Isso indica que esse não é o carregador indicado para o seu aparelho e é verdade que muito de nós não nos atentamos a isso.

Por isso é bem termos o carregador que veio com nosso aparelho e procurar sempre usar ele pra carregar nosso aparelho.

Recalibre a bateria

Com o tempo, alguns erros podem surgir. Quem não aconteceu que seu smartphone marca 100% da bateria para, depois de alguns minutos, cair para 50%.

 Normalmente, isso é um erro de leitura, e não a carga em si. Nosso telefone não mostra a carga real da bateria.

Para evitar isso, devemos recalibrá-lo da seguinte forma: deixaremos a bateria descarregar completamente (mesmo que desligada, ligá-la novamente até que seja impossível) e depois a carregaremos totalmente com o telefone desligado.

Sim, será difícil ficar sem telefone por um tempo. Nós sabemos, mas tente você consegue.

Uma vez que já sabemos como prolongar a vida útil de nossa bateria, vamos agora ver como economizar energia diariamente com o uso de nosso smartphone.

Reduza o brilho da tela

Se formos em Configurações> Bateria> Uso da bateria, veremos que o principal gasto de energia é a tela, o que é lógico.

 Em alguns casos, a diferença de durabilidade de um smartphone com o brilho mínimo e o brilho mais intenso pode ser de várias horas.

Para fazer isso, podemos ajustar manualmente o brilho, deixá-lo em automático e também usar papéis de parede mais escuros, que usarão menos energia da tela.

Fechar aplicações

Falamos aqui que a grande quantidade de aplicativos e funções consomem e muito a bateria de nosso smartphone.

Especialmente no Android, como a multitarefa é real e mantém vários aplicativos em execução ao mesmo tempo em segundo plano, devemos controlar quais aplicativos estão consumindo a bateria, porque nem todos são necessários.

Teremos que fechar os jogos e outros que funcionam nesse contexto e que não precisamos estar trabalhando.

Programas de economia de bateria são úteis?

É um tópico muito controverso: programas que monitoram nosso smartphone e, supostamente, fecham aplicativos para economizar a bateria.

A verdade é que existem aplicativos que não devem (ou não podem) ser fechados. Por esse motivo, forçarão o fechamento de aplicativos como o Facebook ou o WhatsApp, que sempre serão abertos novamente, com o consequente gasto de energia.

Além disso, os aplicativos que monitoram os gastos estão funcionando e trabalhando constantemente em segundo plano, esgotando a bateria.

Limitar notificações e atualizações

Como os aplicativos que funcionam sem que saibamos, também devemos controlar quais aplicativos queremos receber notificações e deixar apenas aqueles que realmente precisamos. Assim, economizaremos uma porcentagem significativa de bateria.

É verdade que as atualizações são necessárias, mas não urgentes, assim devemos esperar para carregar nosso smartphone para baixá-las.

Bom, com algumas ações por dia podemos dar uma economizada significativa na bateria e com outras formas prolongar até quanto nossa bateria irá durar a vida toda.

As dicas que trouxemos são fáceis e adaptáveis a praticamente qualquer smartphone e podem nos ajudar. Como algumas são para duração diária, podem ser testadas e analisadas a duração que tinha antes e a que obteve.

Sabemos que não foram feitas para durar para sempre, é verdade, mas essas dicas ajudam e fazem com que esse momento demore um pouco a chegar.